quinta-feira, 19 de junho de 2014

Mario Sergio Conti confunde Felipão com sósia e comete gafe ao publicar “conversa com técnico da seleção”

Os jornais O Globo e Folha de S. Paulo foram responsáveis pela publicação de uma 'barriga' na noite dessa quarta-feira, 18. Isso porque as versões digitais de ambos os veículos de comunicação deram espaço para o texto produzido por Mario Sergio Conti. Colunista dos dois diários, o jornalista assinou uma suposta entrevista com o treinador da seleção brasileira de futebol, Luiz Felipe Scolari. A "conversa" ganhou destaque, até se descobrir que o profissional tinha confundido Felipão com um sósia.
Ao iniciar o texto em que apresentava a "entrevista", Conti, que também é apresentador na Globonews, afirmou que o comandante do selecionado que luta pelo hexacampeonato mundial estaria "um tanto apreensivo com o céu carregado", mas que "respondeu de bom grado tudo que lhe foi perguntado". A "exclusiva" com Felipão aconteceu no avião, durante o voo, que de acordo com o jornalista, levou a delegação brasileira do Rio de Janeiro para São Paulo. Na matéria, retirada do ar por Folha e O Globo (mas que pode ser lida graças ao serviço de arquivo do Google), há detalhes até sobre a poltrona que teria sido usada pelo treinador: a 25E.
Estaria tudo certo com o texto publicado às 21h19, que trouxe declarações de Felipão elogiando Neymar, os aeroportos brasileiros e, em certa medida, tecendo críticas ao próprio time. O problema é que no início da madrugada desta sexta-feira, 19, os dois jornais descobriram que o colunista cometeu, na verdade, uma gafe. Conti não tinha falado com o treinador da seleção brasileira, mas com um sósia, que inclusive entregou ao jornalista o cartão de visitas com as seguintes informações: "Vladimir Palomo – Sósia de Felipão – Eventos".
Com a 'barriga' revelada, O Globo e Folha publicaram, novamente, o mesmo texto relacionado a Conti, mas dessa vez para deixar seus leitores a par do equívoco cometido. Na chamada do "erramos", o jornal do Grupo Folha preferiu destacar que o colunista foi "vítima de trote" (apesar de, aparentemente, o sósia não ter se passado pelo Scolari original para ludibriar o entrevistador). "Felipão não estava em um voo do Rio para São Paulo. Ele passou o dia em Fortaleza", descobriram as duas publicações. "Mario Sergio Conti pede desculpas a Scolari, a Palomo e aos leitores pela confusão".
sosia-felipao-mario-sergio-contiSósia de Felipão foi o verdadeiro entrevistado de Mario Sergio Conti (Imagem: Divulgação/GShow)
Postar um comentário