quarta-feira, 12 de junho de 2013

Com gol de Cícero, Santos bate Galo e vence primeira no Brasileiro



Santos consegue sua primeira vitória de 1x0 no Campeonato Brasileiro, na Vila Belmiro.



O resultado fez o Peixe deixar a lanterna, pulando para fora da zona de rebaixamento, ocupando agora a 15ª posição na Série A, com cinco pontos. Já o Galo, com o revés, está no Z-4, com apenas quatro pontos ganhos.

Após esta vitória santista, as duas equipes só voltam a jogar em julho, por conta da paralisação do Brasileirão para a disputa da Copa das Confederações. No próximo dia 6, os mineiros recebem o Criciúma, no Estádio Independência. No dia seguinte, o Alvinegro Praiano faz o clássico com o São Paulo, no Morumbi.

O jogo -O Santos começou a partida pressionando e, logo nos primeiros minutos, conseguiu abrir o placar. Aos quatro, após boa trama do ataque do Peixe, a bola foi tocada para Cícero soltar a bomba, de perna esquerda, balançando as redes do goleiro Victor: 1 a 0 para a equipe praiana.

Os santistas quase ampliaram a vantagem aos 12, quando o atacante Willian José resolveu arriscar de fora da área e quase surpreendeu o goleiro atleticano, mas a bola passou rente ao travessão do Galo.
Aos 22, Rafael Galhardo cruzou, a bola sofreu um leve desvio, pingou na frente de Victor, que fez grande defesa. No rebote, Neílton, que tinha pouco ângulo para o chute, mandou a bola na rede, pelo lado de fora.

Três minutos depois, Arouca roubou a bola e acionou Leandrinho, que chutou forte, exigindo mais uma boa intervenção de Victor, evitando o segundo tento dos donos da casa.

Após essa chance de Leandrinho, o ritmo do jogo diminuiu e as oportunidades de gol se tornaram mais raras.

Com pouco espaço, a primeira boa oportunidade de gol do segundo tempo foi do visitantes. Aos 18, Leandro Donizete arriscou de longa distância, mas o seu arremate passou ao lado da trave direita de Rafael.

Já o Santos, que teve a entrada do volante Renê Júnior no lugar do lateral-direito Rafael Galhardo, respondeu aos 20, com Cícero cobrando uma falta pela direita, de perna esquerda, e exigindo uma boa defesa de Victor.

O treinador interino santista, Claudinei Oliveira, ainda trocou Pedro Castro, contundido, para a entrada de Léo Cittadini, e o lateral-esquerdo Léo pelo volante Marcos Assunção, visando os minutos finais do confronto. Do outro lado, Alecsandro deixou o jogo, com Guilherme sendo o seu substituto.

Cittadini, aliás, foi responsável pela expulsão do lateral Marcos Rocha, aos 34. O jogador atleticano interrompeu o contra-ataque dos donos da casa e recebeu o cartão vermelho.

Nos minutos finais, o Peixe conseguiu administrar o resultado, com um homem a mais em campo, até o apito final do árbitro, confirmando a sua primeira vitória na competição nacional.
Postar um comentário