quarta-feira, 27 de julho de 2011

Dobradinha de ouro no vôlei foi resultado de trabalho da equipe e apoio da torcida

Jogadores das seleções feminina e masculina de vôlei do Brasil declaram que preparo brasileiro é mais adequado para competições longas, e que a torcida foi essencial para as vitórias brasileiras.


AJEsportes – As últimas partidas do vôlei militar – masculino e feminino – foram vitórias ressonantes das equipes brasileiras sobre as chinesas. O time feminino derrotou as adversárias por três sets a um, enquanto os rapazes venceram os chineses por três sets a zero.

A levantadora Ana Porto declarou que o trabalho em equipe foi decisivo "porque o ataque chinês era muito bem coordenado. Nosso time conseguiu responder bem, após o primeiro set, que não foi tão bom, mas o técnico conseguiu perceber as fraquezas do saque chinês e nos posicionar da melhor forma para vencê-los”.

A jogadora também destacou o papel do técnico Hélio Griner: “ele fez parte das boas mudanças que estão ocorrendo em nosso time. A vitória é dele e de todas. Aqui, todo o conjunto é muito bom, nenhuma estrela brilha sozinha, mas ele tem sua contribuição”.

A libero Veridiana da Fonseca confessou: “até o jogo de quinta, não conhecíamos de verdade o time chinês. A vitória, naquele momento, foi o começo. A China mostrou que tem muitas jogadas, mas o Hélio passou bastante segurança, e nos ajudou”.

O jogador da equipe masculina Douglas Cordeiro falou sobre a importância da torcida nos últimos jogos: “ela foi determinante, decisiva. Ajudou bastante. Além disso, os chineses já estavam um pouco desmoralizados, cansados. Percebemos que eles não conseguem se manter com o mesmo desempenho nas competições mais longas, com mais dias de duração. É bem cansativo, e acho que isso nos ajudou. O Brasil tem uma tradição de resistência, nesse sentido. Nosso preparo foi melhor, eu acho”.

Sobre a torcida brasileira, a repórter da agência oficial de notícias chinesa Xinhua Jun Zhao comentou, em entrevista exclusiva à Ajesportes: “a multidão aqui é muito forte, a torcida não para um minuto sequer. Os brasileiros torcem quase como loucos. Cada torcedor faz o máximo a cada ponto, isso acaba com a confiança da equipe adversária, literalmente ‘destrói’ os oponentes, derruba sua moral”.

Acesse as fotos no site da AJEsportes: http://www.ajesportes.uerj.br/.

Agência Notisa (science journalism – jornalismo científico)
Postar um comentário